Livros

Nas livrarias

Alerta de risco

Autor britânico retorna às livrarias com coletânea de histórias de terror e de fantasmas.

AddThis Social Bookmark Button

A guerra não tem rosto de mulher

Nobel de literatura revisita a segunda guerra mundial pelos olhos das mulheres que lutaram nos campos de batalha.

AddThis Social Bookmark Button

Verdades e Mentiras – Ética e Democracia no Brasil

Escrito a oito mãos, livro traz reflexões sobre a ética e os dilemas da sociedade brasileira atual.

AddThis Social Bookmark Button

Murilo Rubião - Obra Completa

Volume traz todos os contos de Murilo Rubião em um só volume.

AddThis Social Bookmark Button

Todos os contos - Clarice Lispector

Coletânea reúne pela primeira vez todos os contos de Clarice Lispector.

AddThis Social Bookmark Button

Missoula - estupro e justiça numa cidade universitária

Livro de Jon Krakauer retrata estupros em universidades americanas.

AddThis Social Bookmark Button

Vozes de Tchernobil

Prêmio Nobel de Literatura detalha a tragédia nuclear de Chernobyl.

 

 

 

 

 

 

 

 

Livro  da escritora e jornalista bielorussa Svetlana Alexievich, Prémio Nobel de Literatura em  2015 . Há exatos 30 anos, em abril de 1986, uma explosão sem precedentes  em uma usina nuclear abalava a cidade de Chernobil , na então União Soviética. As consequências foram não menos que assustadoras : partículas radioativas foram lançadas na atmosfera  contaminando  quase três quartos da Europa; cidades foram evacuadas; em uma postura cruel e irresponsável o governo russo tentou esconder a gravidade da situação e expôs trabalhadores, cientistas e soldados à morte durante os reparos na usina e até hoje os efeitos da tragédia são sentidos pela população daquela região. Utilizando-se de uma prosa contundente, a autora constrói um misto de livro-reportagem  e romance para dar voz aos cidadãos comuns que testemunharam o acidente. Das mais de 500 entrevistas, feitas com moradores das cidades afetadas, bombeiros e médicos que viram e sentiram de perto a força da tragédia, o que o leitor vai ter nas mãos é um livro poderoso, verdadeiro e sem meias palavras que ao final consegue emprestar ao desastre acima de tudo uma caracteristica assustadoramente humana.

"Vozes de Chernobyl"é a mais aclamada obra de Svetlana Alexievich, Prémio Nobel de Literatura 2015, tida como o seu trabalho mais duro e impactante. A 26 de abril de 1986, Chernobyl foi palco do pior desastre nuclear de sempre. As autoridades soviéticas esconderam a gravidade dos factos da população e da comunidade internacional, e tentaram controlar os danos enviando milhares de homens mal equipados e impreparados para o vórtice radioativo em que se transformara a região. O acidente acabou por contaminar quase três quartos da Europa.Numa prosa pungente e desarmante, Svetlana Alexievich dá voz a centenas de pessoas que viveram a tragédia: desde cidadãos comuns, bombeiros e médicos, que sentiram na pele as violentas consequências do desastre, até as forças do regime soviético que tentaram esconder o ocorrido. Os testemunhos, resultantes de mais de 500 entrevistas realizadas pela autora, são apresentados através de monólogos tecidos entre si com notável sensibilidade, apesar da disparidade e dos fortes contrastes que separam estas vozes. Prefácio de Paulo Moura e tradução de Galina Mitrakhovich. «A sua técnica é uma mistura vigorosa de eloquência e de silêncio, descrevendo a incompetência, o heroísmo e o luto: a partir dos monólogos dos seus entrevistados, ela cria uma história que o leitor consegue de facto palpar. Ao lê-la, percebi pela primeira vez que Chernobyl foi o tsunami da Europa: mas fomos nós, humanos, que o criámos, e este tsunami é interminável.»The Telegraph «Se o leitor tem curiosidade sobre o futuro, sugiro que leia este livro com caráter de urgência. A Chernobyl de Alexievich é um lugar de extremos e do desconhecido, palco das consequências da tecnologia. No posfácio, a autora refere: "Estas pessoas já tinham visto o que, para todos os outros, era ainda desconhecido. Senti que estava a registar o futuro." Tenho a certeza de que ela esta certa.»The Telegraph «Terríveis e grotescas, as histórias de "Vozes de Chernobyl" acrescem página após página como a radiação alojada nos corpos dos sobreviventes.»The New York Times «Quão genuinamente humanas são estas histórias: cada voz expressa fúria, medo, ignorância, estoicidade, compaixão e amor. Alexievich pôs a sua saúde em risco para reunir estes inestimáveis testemunhos de quem viveu o desastre na linha da frente, transformados aqui numa obra literária essencial e assombrosa.»Donna Seaman, Booklist «"Vozes de Chernobyl" deixa queimaduras de radiação no cérebro dos seus leitores.»Julian Barnes, The Guardian

Leia mais:

http://www.dn.pt/artes/interior/prepublicacao-de-vozes-de-chernobyl-de-svetlana-alexievich-4860991.html

http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/dia-de-classico/editora-lanca-livro-sobre-chernobyl-e-outros-tres-de-alexeivich-a-vencedora-do-nobel/

Autor: ALEKSIEVITCH, SVETLANA

Origem:  NACIONAL

Editora: COMPANHIA DAS LETRAS

Edição:  1

Ano:  2016

Assunto: Comunicação - Jornalismo

Idioma: PORTUGUÊS

País de Produção: BRASIL

Código de Barras:  9788535927085

ISBN:  8535927085

Encadernação:  BROCHURA

Altura: 21,00 cm

Largura: 14,00 cm

Comprimento: 2,20 cm

Peso: 0,47 kg

Complemento:  NENHUM

Nº de Páginas:  384

AddThis Social Bookmark Button

A detração - Breve ensaio sobre o maldizer

Historiador Leandro Karnal aborda a arte do maldizer em novo livro.

AddThis Social Bookmark Button

Coleção Ditadura

Obra máxima de Elio Gaspari sobre ditadura brasileira é reunida em caixa com 5 volumes.

AddThis Social Bookmark Button

Dois anos, oito meses e 28 noites

Fé religiosa, mitologia islâmica, folosofia e ficção científica. Bem vindos ao novo mundo de Salman Rushdie.

AddThis Social Bookmark Button

Página 1 de 48

Início
Anterior
1

In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player
Joomla! Slideshow
© 2006 - 2016 Letras e Livros. Todos os direitos reservados. - Este site é gerenciado por:

O site Letras & Livros.com.br é uma iniciativa de Vladimir Lima Araújo e sem fins lucrativos. Este espaço não tem vinculação a nenhuma editora, gravadora ou publicação e possui como objetivo maior a divulgação de matérias referentes à literatura em geral. Aguardamos dos que nos derem o prazer da visita, críticas, sugestões, comentários e idéias, que serão sempre bem vindas. Desde já, o nosso muito obrigado. As opiniões emitidas em artigos assinados são de inteira responsabilidade dos seus autores e não refletem, necessariamente, a posição deste site.